quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Liga NOS | Horário completo da jornada 13



 photo LigaNOS_trans_horiz_400_zpstbns16gw.png
JORNADA 13
V. Setúbal FC 09/12 20H30 GD Estoril Praia Sport-TV 1
CF Belenenses 10/12 11H45 CS Marítimo Sport-TV 1
GD Chaves 10/12 18H15 Moreirense FC Sport-TV 1
Boavista FC 10/12 20H30 V. Guimarães SC Sport-TV 1
CD Feirense 11/12 16H00 FC Porto Sport-TV 1
CD Nacional 11/12 16H00 CD Tondela Sport-TV 5
SL Benfica 11/12 18H00 Sporting CP BTV 1
SC Braga 11/12 20H15 FC P. Ferreira Sport-TV 1
FC Arouca 12/12 20H00 Rio Ave FC Sport-TV 1

Karamanos: «Este é um jogo crucial para nós e para o FC Porto»

Os três golos nas primeiras quatro jornadas da Liga NOS colocaram o nome de Tasos Karamanos na vitrina do futebol português. O avançado grego de 26 anos não podia ter desejado melhor «carta de apresentação» nos primeiros passos como jogador do Feirense, mas o futuro encarregou-se de soprar nuvens cinzentas sobre Santa Maria da Feira.

Com a receção ao FC Porto como próximo obstáculo (domingo, às 16 horas), o Feirense procura afastar uma série de sete jogos consecutivos sem vencer - em todas as competições. O momento é delicado, admitiu Karamanos em entrevista exclusiva ao zerozero, mas não faz com que se aponte culpados pelos resultados menos conseguidos.

«Para ser sincero, é uma situação muito difícil. Não conseguimos os resultados de que precisamos para melhorar a nossa situação na tabela. Mas penso que tudo o que precisamos é de uma vitória para ganhar confiança... mas não sei porquê, não estamos a consegui-lo em nenhum jogo. Podemos dizer muitas coisas, mas este não é o momento para culpar algo ou alguém. Somos um grupo e temos de encontrar uma solução em conjunto», sublinhou o grego ao nosso jornal.
Menos pressão frente ao FC Porto

A precisar de pontos com urgência, ter o FC Porto como próximo adversário pode não ser o melhor cenário para o Feirense, pelo menos em teoria. No entanto, Karamanos até encontra aspetos que podem beneficiar a formação de José Mota na busca por um bom resultado.

No fim de semana há também o Benfica x Sporting e por isso o FC Porto tem de ganhar para subir na tabela e isso depende do resultado deste jogo
Karamanos
«Sabes, às vezes quando jogamos contra as equipas de topo da Liga acabas por encontrar mais espaços e não estás tão ansioso para conseguir um bom resultado. Para nós, neste momento, o mais importante é conseguir uma vitória, independentemente de quem seja o adversário. Acredito que podemos consegui-lo frente ao FC Porto, que seria muito bom para nós. Mas como te disse, é um período difícil, temos de nos acalmar fisicamente mas também mentalmente para perceber como é que vamos conseguir os três pontos para relaxar um pouco», disse.

Apesar da confiança, o avançado grego sabe que o desafio do Marcolino Castro é crucial para os dragões, até porque logo depois há um Benfica x Sporting que pode abrir espaço a uma aproximação portista ao topo da classificação.

«No fim de semana há também o Benfica x Sporting e por isso o FC Porto tem de ganhar para subir na tabela e isso depende do resultado deste jogo, para se aproximarem de Benfica e Sporting. Mas temos de olhar para a nossa equipa primeiro porque as equipas que estão atrás de nós começaram a pontuar e estamos numa situação difícil. Este é um jogo crucial para nós e para o FC Porto. Temos de tentar o nosso melhor, vamos ver...», soltou ao zerozero.
«Transferência? Não é o momento, mas...»

Ainda que depois do arranque fulgurante Karamanos tenha apontado apenas mais um golo, o helénico continua a ser um dos elementos indiscutíveis na equipa fogaceira. Aos 26 anos, e em Portugal na condição de emprestado pelo Panionios, Karamanos não foi capaz de esconder a vontade de voos mais altos. Mas cuidado: o momento é delicado e os esforços estão concentrados no Feirense.

«Não é o meu caráter falar sobre isso, sabes. Só presto atenção à minha equipa e só estou focado nela, não gosto de falar sobre o futuro e digo isto muito honestamente. Mas claro, tenho 26 anos e sonho com uma grande transferência na minha carreira. Sempre sonhei jogar fora da Grécia e tenho essa ideia num cantinho da minha mente [sorrisos]. Mas não é bom falar sobre isso agora, a minha equipa está numa situação difícil e não gosto de falar sobre isso. Mas claro, e respondendo à tua pergunta, é um sonho e talvez em janeiro ou no futuro... veremos, vai depender de mim, se jogo bem e se ajudo a minha equipa e se ajudo a mim mesmo», atirou.
in: zerozero.pt

Ir ver o FC Porto pode custar 45 euros

Venda dos bilhetes para o publico começa já amanhã, no Estádio Marcolino Castro
Feirense espera lotação esgotada com o FC Porto
A partir de amanhã, os adeptos já podem deslocar-se ao Estádio Marcolino castro para comprar os bilhetes para o jogo de domingo, contra o FC Porto. Os ingressos para o publico em geral são de três tipos, consoante a bancada pretendida. O mais caro, que corresponde à central, tem um custo de 45 euros, enquanto que para a bancada nascente, o preço é de 30 euros, sendo que os mais baratos são destinados ao topo norte e têm um custo de 19 euros. Para os sócios do clube, cuja venda começou mais cedo, os preços têm uma redução substancial, sendo o mais caro de 22 euros e meio, o intermédio de 15 euros e o mais barato de 9,5 euros.

Ontem, José Mota orientou um treino bidiário, em que o ala camaronês Tchami foi o único jogador ausente, devido a problemas físicos e está em duvida para a recepção aos dragões. No final da sessão de trabalhos, os jogadores e a equipa técnica tiveram um jantar de convívio, uma prática que é recorrente uma vez por mês e serve para fortalecer ainda mais os laços entre o grupo, que terá um teste exigente com o FC Porto, num momento difícil.

in: jornal O JOGO
André Bastos

Tchami de fora e bilhetes sem exclusividade

O plantel trabalhou a dobrar ontem, sessões em que Tchami voltou a não participar, devido a lesão.

Hoje, termina o período de venda de bilhetes exclusivo para sócios para a receção ao F. C. Porto, abrindo-se a possibilidade de os restantes adeptos poderem adquirir ingressos, que variam entre os 9,5 e os 45 euros.

in: Jornal de Notícias
R.A.S.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Luís Ferreira no Feirense vs FC Porto

O árbitro Luís Ferreira, da Associação de Futebol de Braga, foi o nomeado para arbitrar o jogo entre o Feirense e o FC Porto, que se realiza no próximo domingo, às 16 horas, no Estádio Marcolino Castro.

Luís Cabral e Nuno Eiras serão os árbitros assistentes. Rui Oliveira será o 4º árbitro.

Este será o segundo jogo de Luís Ferreira em jogos do Feirense, depois do árbitro de Braga, advogado de profissão, ter estado na visita da equipa de José Mota ao Estádio da Luz, na 7ª jornada da Liga NOS e que terminou com a derrota fogaceira por quatro bolas a zero.

De referir que o histórico do Feirense com Luís Ferreira a arbitrar é bastante desfavorável para os fogaceiros. Em 13 jogos, a equipa santamariana apenas venceu por três vezes, empatou quatro e perdeu em seis encontros.

Histórico de Luís Ferreira em jogos do Feirense:
2012/13 | Freamunde - Feirense 3-2 | 2ª Liga
2012/13 | Aves - Feirense 3-3 | 2ª Liga
2012/13 | Feirense - Atlético CP 2-3 | 2ª Liga
2013/14 | Tondela - Feirense 2-0 | 2ª Liga
2013/14 | Feirense - Atlético CP 1-1 | 2ª Liga
2013/14 | Covilhã - Feirense 1-1 | 2ª Liga
2013/14 | Farense - Feirense 1-2 | 2ª Liga
2013/14 | Chaves - Feirense 3-1 | Taça da Liga
2014/15 | Trofense - Feirense 0-3 | 2ª Liga
2014/15 | Feirense - Beira Mar 1-2 | 2ª Liga
2015/16 | Feirense - Oriental 2-2 | 2ª Liga
2015/16 | Leixões - Feirense 0-1 | 2ª Liga
2016/17 | Benfica - Feirense 4-0 | 1ªLiga
13 Jogos | 3 Vitórias - 4 Empates - 6 Derrotas


Inverter má série à custa do dragão

Equipa não vence há sete partidas e perdeu as últimas três; Tchami é o único jogador limitado
Tchami
José Mota começou ontem a desenhar a estratégia para a recepção ao FC Porto, domingo. Os fogaceiros sofreram três derrotas nos últimos três jogos oficiais e encontram-se há sete sem vencer, pelo que o treinador deseja aproveitar um jogo mediático para tentar inverter esta série. O único jogador em dúvida é o avançado camaronês Tchami, a trabalhar de forma limitada. O africano, porém, raramente foi opção para o treinador, pelo que a confirmar-se a sua ausência não terá grande relevância.

in: jornal A BOLA

Natação | Manuel Pinho conquista medalha de prata no Torneio Zonal

No passado fim-de-semana a secção de natação do C. D. Feirense participou no Torneio Zonal Norte de Juvenis, realizado nas Piscinas Municipais de Ponte da Barca. Nesta prova, a segunda mais importante do calendário nacional para o escalão de Juvenis, participam, desde que façam os tempos de admissão, os atletas de todas as associações de natação de Coimbra para norte. Estiveram presentes 246 nadadores, em representação de 47 clubes.

O C. D. Feirense marcou presença com os atletas Ema Silva, Manuel Pinho e Rodrigo Gomes, acompanhados do técnico Antero Almeida e com delegação de Saul Gomes.

O destaque desta prova vai para o atleta feirense Manuel Pinho (Juvenil A) que conquistou o 2º lugar na prova de 100 metros livres, 4º lugar aos 100 metros costas, 9º lugar aos 200 metros costas, com TAC Nacional nestas três provas, 10º lugar aos 200 metros livres e 13º lugar aos 200 metros estilos.

Em bom plano apresentaram-se, também, os atletas Rodrigo Gomes (Juvenil B), 13º lugar aos 100 metros costas; e Ema Silva, 15º lugar aos 200 metros costas e 18º lugar aos 100 metros costas.

Nesta prova, os atletas fogaceiros bateram 5 recordes pessoais.

 

Natação | Feirense dá cartas no 1º Torneio da 1.ª Braçada

No passado fim-de-semana, a equipa da 1.ª Braçada da secção de natação do Clube Desportivo Feirense realizou a sua primeira prova da época, na Murtosa. Esta competição foi organizada pela Associação de Natação Centro Norte de Portugal e estiveram presentes 132 nadadores, em representação de 9 clubes.
O C. D. Feirense esteve representado por 15 atletas, acompanhados das treinadoras Mariana Martins e Sara Ferreira e com delegação de Xavier Maia.

Os atletas feirenses apresentaram-se em grande plano, tendo dominado, em toda a linha, quer as provas individuais, quer as provas colectivas, conquistando o 1º lugar do medalheiro da prova com 15 medalhas, 9 de primeiro lugar e 6 de segundo lugar.

Em destaque estiveram os atletas Sara Conceição, 1º lugar aos 50 metros livres e 2º lugar aos 50 metros costas; Núria Silva, 1º lugar aos 50 metros costas e o 2º lugar aos 50 metros livres; Alexandre Resende, 1º lugar aos 25 metros costas e 2º lugar aos 25 metros livres; Lara Silva, 1º lugar aos 25 metros costas; Rita Tavares, 1º lugar aos 25 metros livres; e Guilherme Ribeiro, 2º lugar aos 25 metros costas.

Em excelente plano apresentou-se a estafeta feminina de 4×50 metros livres e 4×50 metros costas, composta por Núria Silva, Filipa Maia, Rita Tavares e Sara Conceição, que venceu as duas provas.

Também em grande plano a estafeta masculina, composta por Gonçalo Amaro, Rafael Amorim, Guilherme Ribeiro e Francisco Martins, 1º lugar aos 4×25 metros livres e 2º lugar aos 4×25 metros costas; e a estafeta masculina, composta por Tomás Sansana, Tomás Lomba, Alexandre Resende e Rafael Ferreira, que venceu a prova de 4×50 metros costas e ficou em 2º lugar aos 4×50 metros livres.

Nadaram, ainda, com brio e galhardia, em representação das cores fogaceiras, as atletas Lara Pinto, 6º lugar aos 25 metros livres; e Beatriz Castro, 13º lugar aos 25 metros livres.

De salientar que, para 13 dos atletas presentes, foi a primeira vez que estiveram presentes em provas de natação de competição.