sábado, 16 de março de 2013

Feirense 2 - V. Guimarães B 0

Uma 2ª parte de bom nível valeu vitória merecida, mas suada * Segunda vitória consecutiva * Primeira vitória em casa em 2013

Na primeira parte, o Feirense sentiu muitas dificuldades para segurar a equipa B do Guimarães, que entrou muito forte, pressionando as linhas dos "azuis" que, com muito esforço, iam evitando grandes sobressaltos para a sua baliza. Na defesa, Luciano, titular pelo segundo jogo consecutivo, fazia valer a sua presença física e metia respeito aos avançados vitorianos que quase nunca conseguiam ultrapassar o experiente defesa fogaceiro, que era ao mesmo tempo a voz de comando no eixo mais recuado da equipa.

Com muita luta a meio-campo, o jogo tornou-se algo quezilento, com as oportunidades de golo a rarearem. No entanto, a primeira grande oportunidade golo pertenceu ao Vitória, quando João Ribeiro apareceu isolado na cara de Carlos e rematou ligeiramente ao lado. A partir dos 30 minutos o Feirense conseguiu, finalmente, acertar as marcações e passou a controlar o jogo, embora sem criar grandes aflições para a baliza à guarda de André Matos.

A segunda parte foi bem diferente. Logo aos 47 minutos, Ludovic ganhou uma bola no  lado esquerdo do seu ataque, driblou um adversário e cruzou para Samir que encostou para o primeiro golo do jogo. O ponta-de-lança contratado em Janeiro ao Bragança, da 3ª Divisão Nacional, tem sido peça fundamental no ataque da equipa de Quim Machado e já tem na sua conta pessoal 5 golos marcados.

A equipa do Feirense galvanizou-se com o golo marcado e partiu para uma exibição de encher o olho, como há muito não se via. Os "azuis" passaram a dominar por completo o jogo e desperdiçaram soberanas ocasiões de golo. Ocasiões essas que, caso tivessem sido concretizadas, conferiam um resultado mais condizente com o futebol praticado pelos fogaceiros.

Aos 77 minutos, Rafa beneficiou de uma falha da defesa vitoriana e, isolado, fez um chapéu a André Matos selando em definitivo o resultado da partida. O jovem médio do Feirense protagonizou mais uma excelente exibição e a classe com que fez o segundo golo do encontro só comprova o enorme talento do dono da camisola 26 do Feirense.

A vencer por duas bolas a zero  a equipa de Quim Machado baixou o ritmo de jogo, mas sem nunca deixar de procurar a baliza adversária. O final da partida chegou sem mais alterações no marcador.

O Feirense soma agora 39 pontos e apanhou na classificação a equipa da Naval que só joga amanhã, na recepção à Oliveirense.

Na próxima jornada, que será jogada apenas no próximo dia 30, um sábado, o Feirense desloca-se à Covilhã onde irá defrontar a equipa local, agora orientado pelo "nosso velho conhecido" Francisco Chaló. O jogo tem inicio marcado para as 15 horas.

Sem comentários:

DESTAQUES

ANDEBOL | Feirense ‘esmaga’ Moimenta da Beira