domingo, 8 de junho de 2014

Cafú esqueceu a 1.ª Liga em nome da família

NEM QUIS ESPERAR PARA OUVIR OUTROS CONVITES
Aos 36 anos, Cafú voltou a mudar de ares e trocou Viseu por Santa Maria da Feira. O goleador admitiu que recebeu uma proposta de renovação do Ac. Viseu, onde sempre foi “bem tratado”, mas a vontade de voltar para perto da família, que mora no Porto, falou mais alto. O jogador deu prioridade ao Feirense, apesar de ter emblemas de maior dimensão interessados nos seus serviços. “Tive muitos convites da 2.ª Liga e sondagens da 1.ª Liga”, afirmou Cafú, salientando que a única proposta concreta que recebeu foi a dos fogaceiros.

Como as abordagens do principal escalão não passaram de sondagens, Cafú nem pensou muito no assunto, deixando cair por terra a esperança de regressar ao patamar mais alto do futebol português. “Com a minha idade, perdi talvez a última oportunidade de voltar à 1.ª Liga”, confidenciou o experiente atacante, que jogou durante sete épocas na 1.ª Liga, com as camisolas do Boavista e do Belenenses.

O cabo-verdiano deseja superar os 17 golos que apontou ao longo de 38 jogos disputados em 2013/14. “Quero melhorar o meu registo, não só a nível de golos mas também em termos exibicionais. Espero ajudar o clube a fazer uma época tranquila”, referiu.

Pantera

Cafú vestiu a camisola do Boavista durante quatro anos, conhece o Bessa como poucos e ficou contente com a notícia do regresso dos axadrezados à divisão principal. “É com grande prazer e satisfação que vejo o regresso do Boavista à 1.ª Liga. É um grande clube, com muita história, e os jogadores vão adorar jogar lá e sentir aquele ambiente”, destacou o experiente atacante, adepto do emblema da pantera.

in: Record online

Sem comentários: