quinta-feira, 2 de março de 2017

Uma surpresa para a história

Há sempre uma primeira vez. O Feirense nunca venceu o Benfica e das quatro vezes que esteve na 1ª Liga não conseguiu a permanência. Sábado pode ser um dia histórico em Santa Maria da Feira. “Estou bastante confiante e acredito mesmo numa surpresa. Estamos a atravessar um bom momento e até pode ser que o Benfica venha cá já a pensar um bocadinho no Dortmund. Quem sabe não se reúnem as condições para festejarmos a permanência já no sábado”, atirou Rodrigo Nunes.

O presidente do clube não poupa elogios ao desempenho da equipa e atribui muito mérito a Nuno Manta. “A sua afirmação não me está a surpreender. Agarrou a oportunidade e as provas estão à vista. Incutiu ambição e o ADN do Feirense aos jogadores. Agora, eles não se sentem inferiores aos das outras equipas. O Feirense não tremeu no Dragão nem em Alvalade. Podemos assustar o Benfica”, finalizou.

Um empate no currículo

Esta será apenas a 5ª vez que o Benfica se desloca ao Marcolino de Castro e o Feirense só conseguiu um empate, em 1989/90. A equipa de Henrique Nunes chegou ao golo por intermédio de João Luís, emprestado pelo Sporting.

in: jornal RECORD

Sem comentários: