sábado, 11 de março de 2017

V. Setúbal-Feirense (antevisão): procura-se caminho do golo

Sadinos contra fogaceiros, duas equipas com problemas de concretização evidentes nos últimos jogos


O MOMENTO

V. Setúbal: com 30 pontos, os sadinos têm a manutenção praticamente assegurada, mas atravessam um momento pouco auspicioso, sem qualquer triunfo somado desde a vitória caseira sobre o Benfica. São três derrotas, dois empates e apenas três golos marcados nos últimos cinco jogos.

Feirense: a equipa de Nuno Manta Santos vem de uma derrota caseira com o Benfica por 1-0, num jogo em teve uma prestação interessante contra o tricampeão nacional. Depois de um início de época difícil e que levou à saída de José Mota, os fogaceiros encarrilaram e estão a realizar um campeonato livre de sobressaltos. Tal como os sadinos, o Feirense também se debate com problemas de concretização, levando já mais de 270 minutos sem golos marcados.

AUSÊNCIAS

V. Setúbal: Mikel Agu e Nuno Pinto (castigados)

Feirense: Platiny e Luís Rocha (lesionados)

DISCURSO DIRETO

José Couceiro (V. Setúbal): «Não temos conseguido finalizar e os jogos só se ganham marcando golos. Temos de continuar a fazer boas exibições, mas ser mais eficazes. Há alguma ansiedade nalguns momentos e é normal que isso aconteça quando se tratam de jovens jogadores. Também há mérito dos guarda-redes dos adversários. Há que contornar isso e melhorar o instinto matador»

Nuno Manta (Feirense): «Sabemos que o Vitória de Setúbal em casa é muito forte e não perde em casa há bastante tempo. Tem um processo ofensivo muito forte, mas também sofreu poucos golos em casa. Não temos feito golos, mas a verdade é que criamos situações para que isso aconteça. Há sempre a diferença da bola que vai ao poste e entra, em relação à que não entra. Os golos vão aparecer»

HISTÓRICO DE CONFRONTOS:

V. Setúbal e Feirense vão medir forças pela 19.ª vez em jogo oficiais. Para já, o saldo é ligeiramente favorável aos sadinos, que somam seis triunfos contra cinco dos fogaceiros entre nove duelos para a Liga e oito para o segundo escalão. No Bonfim, o Vitória tem sido mais feliz, com quatro triunfos e dois desaires. Ainda assim, em jogos para a Liga o Feirense nunca conseguiu levar a melhor sobre os sadinos enquanto visitante.

EQUIPAS PROVÁVEIS

 in: MaisFutebol.iol.pt

Sem comentários:

DESTAQUES

CICLISMO | A equipa do Vito-Feirense – BlackJack