domingo, 9 de abril de 2017

Edson Farias pediu perdão

Após o final do jogo com o Braga, o ala perdeu a cabeça com Gamboa, mas o médio já o desculpou
Edson Farias recorreu a Ricardo Ferreira, antigo colega no Paços, para pedir desculpa a Gamboa. Apesar de ter levado cartão amarelo, o ala ainda pode ser castigado pela Comissão de Instrutores

O final do jogo com o Braga (derrota caseira do Feirense por 1-0) ficou marcado por um incidente protagonizado por Edson Farias, que socou Gamboa na zona abdominal quando era confortado por Pedro Santos e pelo médio arsenalista. O jogador brasileiro, de 25 anos, perdeu a cabeça por entender que os arsenalistas fizeram anti-jogo nos minutos finais da partida, na tentativa de segurar a vantagem mínima no marcador, graças ao único golo apontado por Cartabia (41’), apurou O JOGO.

Apesar de ter sido admoestado pelo árbitro Carlos Xistra com cartão amarelo – tal como Gamboa –, Edson Farias pode agora ser alvo de um processo de inquérito, por denúncia ou por iniciativa da Comissão de Instrutores da Liga.

Depois deste episódio, já de “cabeça fria”, Edson Farias endereçou um pedido de desculpas a Gamboa, recorrendo para isso ao arsenalista Ricardo Ferreira, de quem foi companheiro de equipa no Paços de Ferreira na temporada 2014/15, sob a orientação de Paulo Fonseca. O defesa-central dos minhotos intermediou a questão e desvalorizou a situação, remetendo o pedido de desculpa para Gamboa, que aceitou as explicações do brasileiro e colocou um ponto final no diferendo.

O extremo brasileiro foi lançado aos 71 minutos da partida pelo treinador do Feirense, Nuno Manta, para o lado direito do ataque, por troca com o lateral Barge, baixando Luís Machado no terreno.

in: jornal O JOGO
ANDRÉ BASTOS
PEDRO MARQUES COSTA

Sem comentários:

DESTAQUES

CICLISMO | A equipa do Vito-Feirense – BlackJack