segunda-feira, 24 de abril de 2017

FC Porto 0x0 CD Feirense | Destaques

VANÁ: Muralha fogaceira
Os adeptos reclamaram e muito com as suas demoras e lesões mas nada podem dizer em relação à exibição do guarda-redes fogaceiro. Vaná esteve lá quando foi chamado e fez várias defesas muito importantes para manter o nulo na partida, principalmente na segunda parte. Foi tendo uma importância em crescendo à medida que o tempo ia passando e a defesa ao cabeceamento de Maxi Pereira é apenas o cartão de visita deste interessante guarda-redes do nosso futebol.

ETEBO: Irreverência dos 21 anos
Seja contra o primeiro, segundo ou último, Etebo joga sempre da mesma forma e hoje surpreendeu os que não o conheciam. Irreverente, rápido a executar, sem medo de enfrentar os adversários e com uma velocidade estonteante, o nigeriano deu que fazer à defesa portista. Costuma jogar na esquerda mas Nuno Manta ganhou a aposta ao colocá-lo no meio com Karamanos. Já Etebo pode ter ganho montra...

CRIS: Sem botão de desligar
Peça fulcral na estratégia de Nuno Manta Santos, Cris junta à sua experiência a capacidade de fazer a cabeça em água aos atacantes contrários. Hoje foi um dos principais responsáveis para o apagão da zona ofensiva do FC Porto na primeira parte e um dos que mais linhas de passe cortou aos portistas. Esteve intransponível e não demonstrou em campo o seu cansaço, sendo o comandante do barco de Santa Maria da Feira.

in: ZeroZero.pt

Sem comentários: