domingo, 16 de abril de 2017

"Não sei se fico ou não no Feirense"

Nuno Manta diz que o seu futuro é assunto interno do clube # Falou em A BOLA TV da sua vida e da carreira # Sucesso não é obra do acaso
Nuno Manta Santos, 38 anos, treinador do Feirense, foi o convidado de ontem do programa Quinta da Bola, n'A Bola TV. O jovem técnico falou sobre a sua carreira , a equipa que comanda e outros temas da actualidade futebolística, sempre com a humildade que caracteriza.

Nuno Manta fez mestrado em Alto Rendimento no Instituto Piaget enquanto ia desenvolvendo a sua função de adjunto no Feirense, o clube que representa há quase 18 anos. «Era difícil conciliar as duas coisas, mas consegui, fruto de muita paixão e vontade», reconheceu. Perseverante, diz fazer do trabalho a via para o sucesso desportivo e profissional, e os resultados dizem bem, da sua caminhada vitoriosa.

Relaciona-se com os jogadores de forma «particular», porque «há várias personalidades», mas sempre sem pisar o risco que separa o amigo do treinador. Admite que se tem dado bem com essa politica de relacionamento e recusa comparações com figuras universais como Mourinho ou Ancelotti. «Sou apenas o Nuno Manta Santos!», reage de pronto.

O projecto que abraçou é para «viver dia a dia», sem dar a entender qual será o seu futuro. «Não sei se fico no Feirense... ou se não fico», diz. «O que quer que me aconteça será sempre uma forma de consolidação do meu trabalho», justifica-se. «Terei sempre que provar que nada foi obra do acaso.»

CONTROLO EMOCIONAL
"O controlo emocional é uma arma decisiva, sobretudo nos finais de campeonato. É preciso nunca perder a razão. Por vezes, os jogadores deixam-se levar pelas emoções e perdem-se...

A OPORTUNIDADE
Dezembro foi um momento marcante, quando a SAD me convidou para ser treinador do Feirense. Era uma aposta de risco, mas para quem tanto trabalhara essa era a oportunidade a não perder!

in: jornal  A BOLA

Sem comentários:

DESTAQUES

CICLISMO | A equipa do Vito-Feirense – BlackJack