domingo, 23 de abril de 2017

Nuno Manta: “Brahimi? Têm outros”

Nuno Manta desvalorizou a ausência do argelino, defendendo que o FC Porto tem outros jogadores de qualidade e “qualquer equipa não deve ficar preocupada quando falta um”
Nuno Manta está de regresso ao Dragão, onde empatou, 1-1, para a Taça da Liga

O treinador do Feirense respeitou a opinião de Nuno Espírito Santo, que traçou vários cenários no dérbi lisboeta, mas só apontou à vitória no Dragão. Manta diz que em 90’ vai provar o contrário

Sentados numa almofada de 35 pontos na tabela classificativa, que permitiram ao Feirense resolvera sua situação no que à permanência diz respeito, segue-se hoje a visita ao Dragão, num jogo em que Nuno Manta diz que poderá haver algum relaxamento, mas a vontade de conquistar pontos não desapareceu, no seio da equipa. “Quando garantimos matematicamente a permanência na I Liga, pode instalar-se uma maior tranquilidade no processo de jogo e não há tanta pressão. Mas o que somos? Somos jogadores de futebol e todas as equipas lutam pela vitória, não vamos fugir a isso. Vamos procurar trazer um resultado positivo do Dragão”, apontou. Desafiado a comentar as palavras de Nuno Espírito Santo, que traçou vários cenários de resultados possíveis, no dérbi lisboeta realizado ontem, mas só idealizou a vitória do FC Porto com o Feirense, Nuno Manta disse que “são opiniões”: “É a maneira de o Nuno Espírito Santo pensar e eu respeito, nós temos a nossa. Temos 90 minutos para provar o contrário e mostrar que o Feirense é uma equipa que está aqui para competir, ser rigorosa e dificultar ao máximo a tarefa do adversário”, sublinhou. Em relação à ausência de Brahimi, por castigo, o treinador do Feirense, desvalorizou: “Penso que qualquer equipa não está preocupada quando falta um jogador, todos no plantel são importantes. O Brahimi não joga, mas vai jogar outro, que vai corresponder da melhor maneira ou até melhor. Vão jogar onze e temos de estar preparados para todos”, concluiu.

Dragões e fogaceiros já se defrontaram duas vezes esta temporada. Na primeira, o FC Porto ganhou facilmente em Santa Maria da Feira por 4-0; na segunda ocasião, empate 1-1 no Estádio do Dragão para a Taça da Liga. Foi aí que o FC Porto começou a complicar o apuramento para a final-four, que falharia de vez ao perder a seguir, em Moreira de Cónegos

“Temos 90 minutos para provar que estamos aqui para competir e ser rigorosos” Nuno Manta Treinador do Feirense


in: jornal O Jogo
ANDRÉ BASTOS

Sem comentários: