quarta-feira, 12 de abril de 2017

Processo a Edson Farias por decisão do CD da FPF

O Conselho de Disciplina da FPF decidiu, também ontem, instaurar um processo disciplinar a Edson Farias, atacante do Feirense, por alegada agressão a Gamboa, do Sp. Braga, sexta-feira passada. O caso do jogador brasileiro, de 25 anos, tem, contudo, contornos diferentes dos do médio dos encarnados. Desde logo, o processo instaurado a Edson não resultou de uma participação, como aconteceu com Samaris.

No início da semana, em função das imagens televisivas, o Sporting fez uma participação direta à Comissão de Instrutores, solicitando a instauração de um processo sumário, através do auto de flagrante delito. Edson Farias foi punido na altura – já depois do apito final –, assim como Gamboa. Por isso, antes de decidir pela abertura do processo disciplinar ao futebolista do Feirense, o presidente do Conselho de Disciplina, José Manuel Meirim, teve necessidade de ouvir o árbitro do encontro, Carlos Xistra, para perceber o motivo da punição disciplinar ao jogador. O juiz de Castelo Branco atuou porque entendeu que Edson Farias agrediu o jogador bracarense.

in: jornal Record
SÉRGIO KRITHINAS

Sem comentários: