segunda-feira, 29 de maio de 2017

Vaná na equipa revelação da UEFA

Equipa Revelação da Liga portuguesa 2016/17

A redacção portuguesa do UEFA.com escolheu a Equipa Revelação de 2016/17 da Liga portuguesa, com 11 jogadores em destaque numa táctica de 4-4-2 e mais sete suplentes.

Há vários clubes representados nesta lista que inclui desde estreantes absolutos na prova a jogadores experientes com épocas excelentes, passando também por jovens promessas.


Guarda-redes
Vaná Alves (CD Feirense): O guarda-redes brasileiro, de 26 anos, passou rapidamente de desconhecido a estrela da Liga portuguesa na época de estreia com várias exibições sensacionais.

Defesas
Bruno Gaspar (Vitória SC): Formado no Benfica, o lateral-direito tem cimentado o estatuto de um dos mais importantes jogadores vimaranenses. Consistente a defender, perigoso a atacar.

Raúl Silva (SC Marítimo): Defesa com mais golos na Liga portuguesa, sete em 29 jogos. Sólido, foi recompensado com a transferência para o SC Braga.

Roderick Miranda (Rio Ave FC): O defesa-central foi o mais utilizado pelos vila-condenses, 33 jogos e 2970 minutos, apontou três golos e fez duas assistências. Excelente época.

Rafa Soares (Rio Ave FC): Emprestado pelo FC Porto, o lateral de 22 anos esteve em alta no Rio Ave, em especial a atacar: três golos, quatro assistências e promessa de futuro brilhante.

Médios
Cauê (Moreirense FC): Jogador de campo com mais minutos no Moreirense (2903), Cauê é um médio-defensivo de grande capacidade física e que também sabe atacar – fez dois golos.

Fábio Martins (GD Chaves): O médio-esquerdo, emprestado pelo Braga, fez uma época de grande nível, em especial pela técnica e pelos golos bonitos que marcou – fez seis e juntou-lhe duas assistências.

Filip Krovinović (Rio Ave FC): Organizador de jogo por excelência. Técnica apurada, visão de jogo e grande capacidade de passe – média de 87,5 por cento de passes certos –, fez cinco golos e duas assistências.

Daniel Podence (Moreirense FC/Sporting CP): Estava a ser o melhor do Moreirense até ser resgatado pelo Sporting, em Janeiro. Quatro golos, duas assistências e futebol virtuoso e muito técnico.

Avançados
André Silva (FC Porto): Começou a temporada como principal estrela do ataque do Porto, mas foi perdendo fulgor. Ainda assim, o futuro do ataque de Portugal – pelo qual se estreou em Setembro –, mostrou talento e acabou com 16 golos e cinco assistências.

Welthon (FC Paços de Ferreira): O brasileiro de 24 anos foi responsável por 34 por cento dos golos da equipa – fez 11 – e ainda registou cinco assistências.

Suplentes
Cláudio Ramos (Tondela)
Nélson Lenho (GD Chaves)
Pedro Henrique (Vitória SC)
Gil Dias (Rio Ave FC)
Iuri Medeiros (Boavista FC)
Diogo Jota (FC Porto)
Rui Fonte (SC Braga)

in: UEFA.com

Sem comentários:

DESTAQUES

CICLISMO | A equipa do Vito-Feirense – BlackJack