sexta-feira, 14 de julho de 2017

Barge pronto para luta a três

Além do subcapitão, também há Jean Sony e o ex-júnior Diga para o lado direito da defesa

O Feirense já está a trabalhar há duas semanas, tendo realizado dois particulares, um com a Oliveirense (1-1) e outro com o Covilhã (2-0). Barge sente “a equipa a evoluir e a assimilar as ideias”

Nuno Manta já leva duas semanas de trabalho, a primeira em Santa Maria da Feira e a segunda em Seia, onde o Feirense vai continuar a estagiar até amanhã, com um plantel composto por 28 jogadores e a posição em que a equipa está mais apetrechada é na lateral direita, sendo provável que o treinador tenha de cortar um dos três nomes que possui – Barge, Jean Sony ou Diga (ex-júnior) – antes do arranque do campeonato. Para já, o sub-capitão do Feirense só vê essa concorrência como uma vantagem para fortalecer o grupo. Confrontado com a questão de partir à frente na luta pela titularidade, remeteu as responsabilidades para Nuno Manta. “Quem está é para ajudar, é assim que temos de pensar todos. Eu faço o meu trabalho, o Sony faz o dele, o Diga também. Aí, penso que o Feirense está bem servido, temos todos de dar o nosso melhor e depois o treinador escolhe”, salientou, revelando que estes primeiros dias de pré-época, marcados por treinos bidiários são um bocadinho exigentes, mas nesta altura é importante ganhar ritmo. “Estamos a adaptar-nos bem, a pré-época é mesmo assim, é para trabalhar e temos de fazer o que nos é pedido para assimilar os processos de jogo. Acho que estamos de parabéns”, explicou o lateral-direito, de 33 anos, que utilizou os particulares realizados – empate contra a Oliveirense (1-1) e vitória ante o Covilhã (2-0) –, como prova do crescimento da equipa. “Acho que de jogo para jogo, temos demonstrado uma evolução. É sempre importante ganhar, mas também é importante consolidar o que temos trabalhado e integrar os reforços. Esperamos continuar a evoluir.”

“É importante consolidar o trabalho e integrar os novos”
Barge, lateral-direito do Feirense

in: jornal O JOGO
ANDRÉ BASTOS

Sem comentários: