domingo, 23 de julho de 2017

Erros defensivos rasgaram a a manta

foto:Telmo Mendes
Até Murilo, que se encontra à experiência, meteu água e já lá vão três derrotas seguidas

O Paços de Ferreira manteve a tendência dos resultados positivos de pré-temporada e derrotou ontem de manhã o Feirense, por 3-1, num jogo que evidenciou uma aproximação àquilo que o treinador dos castores pretende apresentar nas competições oficiais. Já Nuno Manta terá de continuar a limar arestas, já que esta foi a terceira derrota seguida dos fogaceiros. O Paços ganhou e, naturalmente, Vasco Seabra saiu mais satisfeito em função das indicações dadas pelos seus jogadores, principalmente no sector mais recuado, pois foi notória a boa coordenação, deixando pouca margem de progressão ao adversário. Já na ótica do Feirense, as indicações foram mais preocupantes, demonstrando que Nuno Manta ainda tem algum trabalho pela frente, com especial incidência na baliza. Murilo está a tentar convencer o treinador, mas o teste de ontem não foi muito positivo, principalmente no lance do primeiro golo, quando tentou aliviar a bola da sua área, colocando-a nos pés de Andrezinho, que aproveitou para inaugurar o marcador, aos 28 minutos. O segundo golo surgiu pouco depois, por Xavier, na sequência de uma jogada em que os jogadores do Feirense reclamaram que a bola teria saído pela linha lateral antes de Medeiros efetuar o passe para o extremo rematar à baliza.

Os erros defensivos do Feirense continuaram na segunda parte, agora por Luís Rocha, que, num corte defeituoso, acabou por introduzir a bola na sua baliza. Com as alterações operadas nos dois lados, os visitantes soltaram-se e produziram ações ofensivas interessantes, sempre com o reforço Luís Henrique em ação. O ponta-de-lança começou a dar nas vistas quando entrou na área e sofreu uma grande penalidade, mas Tiago Silva rematou ao lado, e obrigou o guardião contrário a aplicar-se em outras duas ocasiões para evitar o golo, que iria surgir já perto do final, por João Tavares, e depois de Luís Henrique ter obrigado Marco a defender a bola para a frente. Dentro de poucos dias é mais a doer...

ANDREZINHO E XAVIER FIZERAM O GOSTO AO PÉ, LUÍS ROCHA MARCOU NA PRÓPRIA BALIZA E SÓ JOÃO TAVARES REDUZIU

in: jornal Record
JOSÉ SANTOS

Sem comentários:

DESTAQUES

CICLISMO | A equipa do Vito-Feirense – BlackJack