sexta-feira, 28 de julho de 2017

Ex-júnior é revelação da pré-temporada

João Tavares é o melhor marcador do Feirense, com três golos em sete jogos, lutando por um lugar no plantel orientado por Nuno Manta
João Tavares, à direita, sonha com a estreia no primeiro escalão nacional

Fabinho, ex-jogador do Feirense, trabalhou com o médio na época passada e contou a O JOGO que Nuno Manta lhe dizia para não se deslumbrar. E Verón, como é conhecido, parece ter escutado com atenção...

No meio de muitas caras novas provenientes de outros clubes, é um ex-júnior quem tem brilhado nos trabalhos de pré-temporada do Feirense. João Tavares, médio de 18 anos, está a surpreender com boas exibições e golos, de tal forma que já disparou certeiro por três vezes em sete jogos, apesar de atuar no meio-campo. Ao serviço do clube de Santa Maria da Feira desde a temporada 2015/16, João Tavares tem um passado ligado a Benfica e FC Porto, clubes que também representou nos escalões de formação.

Fabinho, ex-jogador do Feirense, trabalhou com o médio na época passada e está feliz pelo sucesso do miúdo. “Não me surpreende o que ele está a fazer, porque já o achava muito bom jogador. O João treinou toda a temporada passada connosco e ao fim de semana jogava pelos juniores. Foi bom para ele trabalhar com os seniores, onde há jogadores mais fortes fisicamente, com mais maturidade e qualidade. Isso ajudou-o a evoluir”, contou a O JOGO o também médio, que está sem clube e mantém “o futuro em aberto para a próxima época”. No balneário, os seniores puseram uma alcunha ao “puto” natural de Milheirós de Poiares. “Nós chamávamos-lhe Verón, por ser careca, por ter um bocadinho de barbicha e também por ser médio”, conta em relação às semelhanças de João com o internacional argentino que brilhou no Inter. De resto, “não havia nenhuma praxe por ele ser o mais novo. O máximo que acontecia era ele e o guarda-redes Ivo Eichmann [também ex-júnior] terem de arrumar o material”, recordou, revelando que o treinador estava sempre atento ao júnior. “O Nuno dizia-lhe para não se deslumbrar por estar a trabalhar com os seniores e continuar a aplicar-se.” “É forte fisicamente, remata muito bem, é agressivo e bom nas bolas paradas. Além disso, pode fazer as três posições do meio-campo”, avaliou Fabinho.

SAD estuda lista de dispensas

Nuno Manta continua a trabalhar com um plantel de 28 jogadores, mas para a semana vai reduzir o grupo. Os casos dos ex-juniores Diga, Ibrahim, Ivo Eichmann e João Tavares estão a ser analisados, mas os dois últimos estão mais perto de integrar o plantel. Outro jogador que poderá ser emprestado é o extremo nigeriano David, que na última época somou poucos minutos. Hoje, o Feirense recebeu o Varzim para um jogo-treino.

in: jornal O JOGO
ANDRÉ BASTOS

Sem comentários:

DESTAQUES

CICLISMO | A equipa do Vito-Feirense – BlackJack