quarta-feira, 11 de abril de 2018

Manta correu «o risco» e feitiço dos descontos virou-se contra o feiticeiro

Técnico mudou o seu discurso na procura de pontos

A situação atual do Feirense na luta pela manutenção não é muito abonatória para os fogaceiros, que ocupam o penúltimo lugar na tabela classificativa. Alguns dos maus resultados passados chegaram nos minutos finais, mas o feitiço virou...com um ponto de bónus.»

As derrotas frente a Sporting (2x3), Aves (0x1), Vitória SC (1x0), Chaves (1x2), Rio Ave (2x1) ilustram os minutos finais penosos que a equipa de Nuno Manta atravessou. A 4 de fevereiro, após ter perdido frente ao Chaves, o técnico de 39 anos afirmou que a sua equipa tinha de adotar uma apostura mais defensiva, com o intuito de «segurar o ponto», já que este vai ficando mais caro.


As pilhas já duram até ao fim

Ora dois meses volvidos, o timoneiro dos fogaceiros alterou por completo o seu discurso, mas manteve bem acesa a vontade de conquistar pontos para se manter na Liga NOS. O jogo frente ao Braga era complicado, mas o Feirense nunca pareceu querer defender o empate e partiu em busca do golo da vitória.

Contudo, os minhotos acabaram por fazer o 1x2, por intermédio de Dyego Sousa, obrigando os pupilos de Nuno Manta a correr em busca do ponto. Já em período de compensação (92’), Antonio Briseño fez o empate (2x2), quebrando este ‘enguiço’ dos pontos perdidos perto do término dos encontros.

Na conferência de imprensa pós-jogo, o treinador do Feirense comprovou com palavras a mudança de mentalidade, que já se tinha visto em campo, e admitiu que o futebol ofensivo praticado (ao invés da postura defensiva, que tinha sido anunciada há dois meses) tinha em vista a obtenção dos três pontos.

«Acreditei muito que íamos fazer o 2x1, correndo o risco (de sofrer golo). Era um risco estrategicamente trabalhado e sabíamos que o íamos correr, mas também precisamos de pontos, temos de arriscar», afirmou o técnico fogaceiro, que promete um Feirense ofensivo na reta final da luta pela manutenção.


in: ZeroZero.pt

Sem comentários:

DESTAQUES

“Não havia margem para erros, mas a relação no Feirense foi espetacular e com resultados”

foto: jornal Correio da Feira Susana Torres, mental coach (alta performance em desporto) Como é que alguém de Gestão e que trabalho...