sexta-feira, 13 de abril de 2018

Nuno Manta: «É fundamental não perder amanhã»

Treinador fogaceiro teceu rasgados elogios a José Mota

Na Vila das Aves, o Feirense tem pela frente jogo muito importante na luta pela permanência, perante um adversário que está acima da linha de água e a apenas um ponto de distância.

"Sabemos as nossas responsabilidades para este jogo, vamos estar tranquilos e acreditar naquilo que fazemos. Perder é muito mau para o Feirense. Não morremos, mas fica complicado. Não perder amanhã é fundamental", afirmou o treinador Nuno Manta, em antevisão ao duelo da tarde de sábado.


A formação avense é equipa que merece de igual modo todo o respeito ao técnico fogaceiro. "Individualmente é muito forte, basta ver os nomes dos jogadores do plantel do Aves, coletivamente vão estar fortes como nós e o Feirense também vai estar mentalmente preparado. O pormenor será decisivo e a equipa que menos errar vai sair premiada", sustentou Manta.

Em perspectiva também está o apoio dos feirenses na deslocação à Vila das Aves, conforme a SAD incentivou ao longo da semana, um dado que, na ótica do treinador, é "bem-vindo".

Por fim, Nuno Manta não quis que deixasse passar ao lado as palavras abonatórias que José Mota havia dito sobre si na antevisão a esta partida. "Continuei no Feirense na época passada devido ao José Mota porque olhou para as minhas competências e convidou-me para a sua equipa técnica. É um treinador muito inteligente, com sentido de grupo muito forte, cresci muito com ele, aprendi muito com ele, aconteceu o que aconteceu, mas continuamos amigos e ele a chamar-me rapaz e a dar-me uns cachaços quando estamos juntos", partilhou, de forma bem-disposta, o técnico feirense.

Tiago Gomes voltou esta sexta-feira a treinar integrado, mas ainda não reúne as condições físicas ótimas para ir a jogo, devendo ser Kakuba a ocupar a lateral esquerda. As outras baixas são Bruno Nascimento, que volta aos treinos para a semana, e Barge, caso crónico, que não joga mais esta época.

in: RECORD
Autor: Rúben Tavares

Sem comentários:

DESTAQUES

Nuno Manta, «o menino» das gentes da Feira, foi o rei da festa

Pelo segundo ano consecutivo, o Feirense celebra a permanência que tem um rosto principal: Nuno Manta Santos Mal soou o apito final d...