terça-feira, 1 de maio de 2018

Cris voltou para as decisões

O capitão foi pela primeira vez titular em 2018 e deve manter o estatuto na visita ao Dragão

O castigo de Tiago Silva fez com que Nuno Manta desse uma oportunidade a Cris no onze que venceu o V. Setúbal (2-0), numa opção surpreendente, quando tinha Luís Aurélio no banco, médio com mais minutos do que o capitão, que realizou no sábado, o primeiro jogo como titular em 2018. O treinador do Feirense optou pela experiencia dos 34 anos de Cris - no inicio de janeiro teve problemas físicos que fizeram perder o comboio da titularidade - para um jogo que se adivinhava decisivo nas contas da permanência na I Liga e deu-se bem com a aposta, uma vez que o resultado conseguido no Estádio do Bonfim tirou os feirenses da zona de despromoção, embora a equipa ainda não esteja a salvo da descida.

Hoje, Nuno Manta começa a preparar a deslocação ao Estádio do Dragão, partida em que o FC Porto poderá festejar o titulo e na qual Cris deverá manter-se como titular, beneficiando do castigo de Babanco, que viu contra o V. Setúbal o 14º amarelo da época.

in: jornal  O JOGO

Sem comentários:

DESTAQUES

“Não havia margem para erros, mas a relação no Feirense foi espetacular e com resultados”

foto: jornal Correio da Feira Susana Torres, mental coach (alta performance em desporto) Como é que alguém de Gestão e que trabalho...