quinta-feira, 5 de julho de 2018

"Venda do Etebo não vai mexer no orçamento"

Edinho já exibiu credenciais nos exercícios de finalização
Nuno Manta frisou que o objetivo "é fazer uma época tranquila e sem sobressaltos" para a equipa garantir a continuidade na I Liga. Reforços estão a ser analisados em conjunto com a SAD


O treinador do Feirense quer evitar o sofrimento do ano anterior, em que a equipa só conseguiu a permanência na última jornada. Um dos segredos passa por fazer do Marcolino Castro uma fortaleza


Antes de se iniciar o primeiro treino aberto à comunicação social, Nuno Manta esteve à conversa com os jornalistas para projetar o que pretende para a próxima época, sendo que uma das ideias-base do treinador e da SAD é evitar o sofrimento do ano passado, no qual só na última jornada a equipa garantiu a permanência.


"Quero fazer um trabalho consistente, em que o grande objetivo do Feirense é fazer uma época com mais tranquilidade e sem grandes sobressaltos para garantirmos o Feirense na I Liga. Estamos a trabalhar nesse sentido em conjunto com a administração para reforçarmos a equipa, vermos quais são as possibilidades em termos de contratação de jogadores para tornar o Feirense mais forte", começou por dizer, revelando qual o perfil da equipa: "A postura da equipa ou a cultura é a que caracteriza o Feirense, que passa por lutar em todos os jogos pela vitória, principalmente em casa, com o apoio e com a força dos nossos adeptos tornar o Marcolino Castro num fortaleza, que seja muiyo agressiva para os nossos adversários, no bom sentido"

Sobre a venda de Etebo por 7,2M€ aos ingleses do Stoke City deu à equipa um maior poder para atacar o mercado, Nuno Manta foi perentório. "Antes do encaixe financeiro, há um planeamento, há um orçamento e não é a venda do Etebo que vai mexer nisso. Estou em sintonia com a SAD para tornar o plantel mais forte e consistente", clarificou, não desvendando as lacunas no seio da equipa, esclarecendo que os quatro reforços - Tiago Mesquita, Vítor Bruno, Edinho e Bruno Brígido - vão ao encontro das espectativas.

"A SAD está a corresponder ao que pretendia", explicou, destacando Edinho. "Encaixa no perfil que queremos para nosso ponta de lança, é um jogador internacional, experiente na I Liga e vai trazer-nos coisas muito positivas. Esperamos que seja um jogador forte, como todos os outros do nosso plantel", conclui o treinador do Feirense.



Lacunas em três posições


Nuno Manta não abriu o jogo, mas pretende ainda um extremo, um central e um médio

Apesar de questionado sobre as lacunas no plantel, Nuno Manta preferiu não se pronunciar durante a conversa que teve com os jornalistas, mas O JOGO sabe que há três posições que serão necessárias reforçar até ao arranque da I Liga. A trabalhar com um grupo composto por 24 jogadores, o treinador do Feirense pretende acrescentar mais um central experiente aos três existentes–Bruno Nascimento, Briseño e Flávio Ramos – e para o meio-campo também poderá chegar um médio-defensivo para fazer concorrência ao capitão Cris, isto porque não é garantido que Alphonse, que foi emprestado ao Gil Vicente na última época, tenha um lugar no plantel principal. Na frente de ataque também a equipa necessita de uns reajustes, sendo o sector mais carente as alas, onde para já constam quatro nomes – Edson Farias, Luís Machado, Zé Pedro e David – mas apenas os dois primeiros fizeram toda a época na I Liga, pois os outros regressam agora, após empréstimos ao Felgueiras e Gafanha, respetivamente, sendo incerto se irão convencer Nuno Manta a agarrar um lugar na equipa. Mesmo que fiquem será necessário encontrar pelo menos um extremo com maior fantasia.


CROSSFIT E CYCLING NO MENU


O Feirense arrancou os trabalhos de forma intensa, tendo agendado para os primeiros dias da semana treinos bidiários. Contudo, Nuno Manta ofereceu ontem ao plantel um programa diferente, uma vez que de manhã os jogadores fizeram crossfit e cycling, algo que os ajudou a abstrair dos treinos no relvado, onde a bola voltou a rolar na parte da tarde.



VÍTOR BRUNO DE VOLTA


O reforço Edinho já marcou o primeiro golo pelo Feirense, durante os exercícios de finalização. Destaque também para os reforços Vítor Bruno (na foto) e Tiago Mesquita, que apareceram juntos no relvado, eles que na última temporada estiveram ambos no Boavista. O guarda-redes Bruno Brígido também se mostrou na baliza, com algumas defesas interessantes.



ÁGUEDA É O PRIMEIRO TESTE


O Águeda, que milita no CdP e curiosamente é orientado por um ex-treinador do Feirense, Henrique Nunes, será o primeiro adversário da equipa de Nuno Manta na pré-época. O particular será realizado no sábado de manhã, às 10h, no Marcolino de Castro, naquele que será o primeiro teste para o treinador do Feirense ver a evolução da equipa, ao fim de uma semana de trabalho.



TRÊS LUTAM PARA FICAR


O plantel do Feirense é constituído por 24 jogadores, sendo que três deles regressaram após empréstimo para voltar a fazer a préépoca e tentar convencer Nuno Manta. Os extremos Zé Pedro e David e o médio Alphonse são os três nomes que lutam por uma vaga, eles que estiveram cedidos ao Felgueiras, Gafanha e Gil Vicente, respetivamente.

in: jornal O JOGO

Sem comentários:

DESTAQUES

“Não havia margem para erros, mas a relação no Feirense foi espetacular e com resultados”

foto: jornal Correio da Feira Susana Torres, mental coach (alta performance em desporto) Como é que alguém de Gestão e que trabalho...